19.12.05

Isso é real


"Não pude suportar a dor da morte de minha mulher, então trouxe-a de volta para casa". Assim começa o depoimento do viúvo Jeff Green, 32, que vive no Arizona - EUA. A encaixotada tinha um problema de nascença no coração,que causou sua morte prematura aos 29 anos. As últimas palavras da esposa, dizendo que iriam se reencontrar no céu, não foram suficientes para aplacar a tristeza de seu apaixonado marido. No funeral, em um ato desesperado, Jeff decidiu que não a deixaria ir. Chamei o responsável pelo cemitério e contei como me sentia. Entrei com um pedido e consegui uma permissão especial para mantê-la em casa. Parece estranho, mas prefiro tê-la comigo a enterrá-la sob sete palmos de terra. Ela tinha um ótimo senso de humor, tenho certeza que ela iria adorar ser a minha mesa da sala". Jeff encomendou um caixão especial que impede a decomposição do corpo, todo em vidro. "Custou-me mais de 6 mil dólares, mas eu pagaria o dobro para tê-la de volta em casa". "Algumas pessoas deixaram de frequentar minha casa porque têm medo dela, mas meus verdadeiros amigos respeitaram minha decisão e já se acostumaram a vê-la aqui, além disso é uma bela peça de decoração".

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...