31.3.06

Trabalhando no litoral


Desde o ano passado quando comecei a trabalhar no bairro Guarujá, na Zona Sul, aprendi a ver a cidade de uma forma mais romântica (que gay).
A pessoa que caminha à tarde, na orla do Guaíba, se sente em outra cidade. Ainda mais se mora do lado de cá do arroio dilúvio (sempre dividi Porto Alegre em “o lado de lá” e “o lado de cá” da Av Ipiranga). Criei o hábito de dar minha caminhada diária por ali: Guarujá e Ipanema. De uma ponta a outra. Vendo o por do sol, o pessoal jogando futevôlei na beira da praia. Coisas que não pertencem a Porto Alegre. Cheguei até a pensar em me mudar pra essas bandas.
Hoje desci a Coronel Marcos de carro e me senti chegando em Laguna com o mar azul lá embaixo me esperando (suspiro).
Ainda quero matar o desejo de sentar em um quiosque à beira do Guaíba para tomar um chope no fim do dia. O difícil é arranjar companhia. Ninguém quer se deslocar até esse “fim de mundo”.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...