26.9.06

Encontrar alguém

Quem me conhece sabe que nunca fui um cara festeiro.
Uma pessoa da noite, que gosta de sair, badalar.
Pelo contrário.
Um amigo meu me disse: “Tu tem que sair mais. Ir pra balada. Se ficar em casa, nunca vai encontrar outra pessoa”.
Até concordo com ele em termos.
Mas não acredito que vou encontrar na noite a mulher que me interessa.
Lógico que amplia o universo, mas não vejo como sendo um ponto preponderante.
Sempre que saí com esse objetivo, acabei não encontrando ninguém.
Ainda deixei de me divertir por tentar ser o que realmente não sou.
Além disso, já aprendi faz tempo que as pessoas gostam da gente pelo que a gente é de verdade.
Tanto foi assim que as pessoas que se interessaram por mim de alguma forma me conheceram num momento onde eu não tinha a mínima preocupação de querer encontrar alguém ou fazer gênero.
Talvez seja essa a contradição que venho passando nos últimos dias.
Há vinte dias não saio.
Opto por curtir meus filhos em casa.
Talvez não seja a coisa certa a fazer.
Ou seja.
Um meio termo, talvez, ficaria melhor.
O importante é que estou feliz ao lado deles.
É um momento que preenche meu coração.
Ou pelo menos a parte mais saudável dele.
Deixa o lado mais machucado sangrar um pouco.
Quem sabe, assim eu aprendo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...