15.11.06

Já é Natal no Iguatemi

Meus pais nunca me incentivaram a acreditar em Papai Noel, Coelho da Páscoa ou qualquer destes personagens que habitam a imaginação das crianças.
Não sei se isso é bom ou ruim.
Pelo menos nunca sofri a decepção de descobrir que tudo não passava de uma grande tramóia dos adultos pra enganar os pobres coraçõezinhos infantis.
Confesso não saber como agir com meus com meus filhos com relação a isso.
Falo a verdade e enterro de vez ilusão inocente da idade ou corro o risco de ser visto como um pai crápula e mentiroso daqui a alguns anos?
Decidi deixa-los com a opção da dúvida.
Hoje a Maria Eduarda me perguntou:
- Papai Noel existe?
- Talvez, Duda. O que tu acha?
- Acho que existe.
- Pois é. Pode ser que exista.
Fomos passear no Shopping Iguatemi.
É difícil não se encantar com a já tradicional decoração de natal.
Estava lotado.
Lógico.
Depois de irmos na “bota dos desejos” e tirarmos foto com os duendes, fomos para fila gigantesca para falarmos com o “bom velhinho”.
Aliás, bota velhinho nisso.
Sentado na gigantesca poltrona vermelha, o vovô já estava mais pra lá do que pra cá.
Percebi que não ia dar certo.
Já estava em pé 15 minutos na fila agüentando a impaciência das crianças quando o velhote simplesmente se levantou e foi embora, carregado pelos braços por duas ajudantes.
Para trás, deixou dezenas de crianças e pais atônitos.
No momento fiquei brabo, mas depois tive pena do velho que não estava passando bem com aquela roupa e com aquele tumulto.
- Ei pai! Onde ele foi?
- Acho que foi fazer xixi, Duda.
Como percebi que o negócio ia demorar, convenci as crianças a ir à pracinha e deixar o Noel pra outra hora.
Um bom tempo depois, o shopping conseguiu um substituto com um pouco mais de vivacidade.
- Ei pai, aquele ali não é o mesmo Papai Noel.
- Será, Duda. Acho que é.
- Mas esse tá bem mais gordo.
- É que ele acabou de voltar do McDonald´s.
- Ah tá.

Foi o que veio na hora.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...