19.12.06

Varig de outrora

O caos aéreo que toma conta do país não poderia deixar de atingir meu vôo com destino a São Paulo, no último final de semana.
Com o embarque marcado para as 7h, cheguei no aeroporto Salgado Filho uma hora antes, como manda o rodenir.
Meia hora depois, já estava embarcando na aeronave.
Quando me dei conta, eram 6h56 quando o avião decolou.
Conseguem perceber a gravidade da situação?
O que eu vou fazer com as revistas, palavras cruzadas, salgadinhos, saco de dormir e tudo mais que comprei para diminuir meu tempo de espera na sala de embarque?
Onde já se viu um avião levantar vôo com quatro minutos de adiantamento?
E onde estavam as aeromoças com os nervos à flor da pele, mau-humoradas em revoltadas?
Que nada.
Todas simpáticas, agradáveis, educadas, bem maquiadas, cabelos arrumados e, o principal, todas gostosas e de bocas carnudas.
E a refeição?
Bom, tomei um café da manhã reforçado esperando a barrinha de cereal de coco e a Coca Cola quente.
O que veio?
Um delicioso sanduíche quente com frutas frescas da estação.
Muito bom.
E pra terminar, o pouso, previsto para as 8h26, tocou o solo às 8h18.
Uma barbaridade.
Já estou procurando um advogado para entrarmos com uma ação contra a Varig.
Esse desrespeito com o cliente não pode continuar.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...