18.1.07

As marcas dos anos

Nunca fui uma pessoa preocupada com a idade.
Até porque nunca tive motivos para isso.
Sempre acreditei que o passar dos anos agisse de forma positiva na vida de uma pessoa.
E comigo é assim ainda.
Hoje em dia, às portas dos meus 35 anos, consigo entender, aceitar e conviver com situações que jamais conseguiria caso ocorressem alguns anos atrás.
Tudo graças à experiência e à vivência que vamos adquirindo com o tempo.
Acho que até mesmo fisicamente estou melhor do que anos atrás.
Depois de perder 20 quilos, as coisas funcionam melhor, tanto dentro quanto fora de campo.
Se é que vocês me entendem.
Bom, já havia notado que, volta e meia, aparecem alguns pelos brancos na minha barba.
Nunca dei muita bola, apesar de algumas pessoas já me alertarem pra isso.
Tenho notado também, que esses pelos brancos vêm aparecendo com mais intensidade.
Hoje saí do banho e vi que estou com pelos brancos também no peito.
Que coisa estranha.
E na cabeça ainda nada.
Será possível?
Comecei a me preocupar.
To ficando velho.
Comentei com uma amiga minha confessando meu drama.
E ela, com um sorrisinho malicioso:
- Hum... não tem nada mais charmoso do que homem com os pelos grisalhos. Morro de tesão.

Vixi.
Já que nunca fui uma pessoa preocupada com a idade, pra que me preocupar agora?
Valeu Cris.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...