28.1.07

Findi com a Dudinha. Bom pra aprender.

Eu, Mártin e Duda.
Descendo as escadarias do Iguatemi na frente do relógio de água.
Vou deixá-los na pracinha e ir comprar o presente de aniversário do Mártin:
- Olha só, Duda. O pai quer te dizer uma coisa.
- Fala pai.
- Tu sabe o que acontece quando uma criança faz aniversário, né?
- Sei pai. Ganha presente.
- É. E tu sabe também que é aniversário do mano, então ele é que vai ganhar presente.
- Sei pai, mas não precisa se preocupar. Tu já é meu maior presente.

Juro que quase rolei escada abaixo.

>------->------------->

Eu e a Duda, deitados na cama do meu quarto brincando de formar palavras com diferentes sílabas.
- Tá Duda. “C” com “A” fica “Ca”. Diz uma palavra que começa com “Ca”.
- “Cavalo”.
- Muito bem. Agora uma que começa com “Ce”?
- “Cenoura”.
- Boa Duda! Palavra que começa com “Ci”?
- “Cíntia”.
- “Cíntia”? Tá bom, vale. E uma que começa com “Co”?
- Hum. “Corega”.
- “Corega”?? O que é isso, Duda?
- Poxa pai. É aquela coisa pra colar a dentadura. Parece que não sabe!?

Ainda bem que não chegamos no “Cu”.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...