29.4.07

Esclerose

Me arrumei para levar as crianças na pracinha no fim da manhã.
Depois de tudo pronto, peguei minha carteira, meu celular mas não encontrei meu chaveiro com a chave do carro.
Procurei primeiramente nos lugares onde costumo deixar: embaixo da TV, na prateleira atrás da cama, na mesa do computador, na cozinha e no banheiro, nesta ordem.
Nada de encontrar o chaveiro.
E as crianças inquietas já na porta, me chamando.
Às vezes o Mártin dá sumiço em alguma coisa, mas ele mesmo se lembra onde deixou e vai buscar.
Perguntei pra ele e pra Maria Eduarda, mas não viram.
Lembrei que minutos antes de me arrumar tinha ido ao banheiro limpar a bunda do Mártin que havia feito cocô.
Abri a primeira gaveta e não achei a chave, apenas meu remédio pra pressão que havia esquecido de tomar.
Com o remédio na mão, fui até a cozinha.
Abri o armário, peguei um copo e fui à geladeira.
Na hora de abrir a geladeira, adivinha o que eu encontrei lá dentro?
A garrafa de água.
Tomei meu remédio.
Aha! Acharam que o chaveiro estava lá, né?
Sou imbecil, mas não tanto.
Procurei nos bolsos das minhas calças, na tulha de roupa suja, no closet, no quarto dos meus pais, na área de serviço...
Nada do chaveiro.
Já estava entrando em desespero quando resolvi olhar para minha mão esquerda.
Sim, o chaveiro estava lá.
Eu estava segurando desde o começo.

Lembram quando eu disse que era imbecil, mas não tanto?
Esqueçam.

27.4.07

Ô loco, meu!

Conversa com a Priscila pelo telefone hoje à noite.
Pergunta ela:
- Má, que horas são?
- Onze e quinze.
- Ah. (pausa) Tu tá com aquele relógio estilo Faustão?
Sei que ela riu por dentro.
- Faustão, é? Vou jogar fora essa merda.
- Não fica brabo. Combina contigo. Porque tu é grandão.

Acho que entendi a comparação.
Ainda bem que o Nhonho não usa relógio

Frase do mês

- Nossa! Mas tão rápido assim?

O milagre da multiplicação

Impressionante o que somos capazes de fazer com uns míseros centímetros de papel higiênico quando não temos outra opção.

O difícil é limpar embaixo da unha depois.

26.4.07

Lindos sonhos


Sinto que terei que investir numa cama maior.

Retardado

Ontem senti necessidade de ser um retardado por pelo menos duas horas. Decidi ir ao cinema, sozinho, ver As Férias do Mr Bean com direito a pipoca doce grande.
Achei que seria o único no cinema, mas fiquei surpreso com a quantidade de retardados em Porto Alegre.
Foi lamentável.

A próxima vez que eu quiser retardar o melhor é ficar em casa assistindo ao DVD do Teletubbies do Mártin.

25.4.07

Esse Grêmio ainda me mata II

A Melissa recebeu esse e-mail hoje no marketing:

"Boa tarde gostaria de receber o hino do Gremio em MP3, de preferencia assoviado, quero ensinar minha calopsita... VIVA O GREMIOOOOOOOOOO.
todeschini_7@hotmail.com"

Até tentamos atender ao pedido do cidadão, mas o surto coletivo dos integrantes da assessoria na hora da gravação não permitiu que fizéssemos uma coisa séria.

Declaração

Priscila hoje pra mim:

- Você muda até meus conceitos de vida!

Morri.
Isso é que é declaração de amor.
Espero que esteja mudando para o bem.

IN


Saí pra correr pela manhã depois fui almoçar no Iguatemi.
Neste período, o que vi na rua:

Pessoas vestindo a camisa do Inter = 2
Pessoas vestindo a camisa de outro time = 11
Pessoas vestindo a camisa do Grêmio = 3.452

Juro que me impressionei.

24.4.07

Saco liso

Criança quando ganha brinquedinho novo é triste.
Hoje estava fazendo a barba com minha nova máquina comprada no shopping chão, no centro.
Último modelo, vários tipos de lâminas para todos os tipos de barba.
Me emocionei.
Raspei a minha rapidinho na lâmina número 1.
Sem mais nada para raspar na cara, decidi raspar o saco.
Isso mesmo.
O saco escrotal.
Sem muita habilidade no manuseio (tem que esticar a pele e passar a máquina ao mesmo tempo) acabei arrancando um naco dos colhões.
Na hora não doeu, apesar do sangue que teimava em jorrar.
Tomei um banho, lavei o local e tudo bem.
Hoje de tarde fui ao banheiro, como costumo fazer logo após o almoço (aquela aliviada tradicional) e notei que minha cueca estava manchada de sangue.
Que merda.
O que minha mãe vai pensar quando pegar a cueca pra lavar?
Bom, acho que a opção menos comprometedora é a de que comi uma virgem.

Tá bom, eu mesmo vou lavar.
Alguém conhece um bom tirador de manchas?

Ps. Pensei em fazer uma foto pra colocar aqui, mas achei que isso poderia trazer alguma abalo emocional aos leitores.

23.4.07

VIP

Uma pesquisa apontou os 10 mais caros quartos de hotel do mundo.
Um cidadão paga US$ 37,2 mil por só uma noite na Suíte Penthouse, do hotel Martinez, em Cannes.

E eu passei uma semana de grátis no apartamento da Priscila em Campinas.
Mil vezes melhor.

Imagina se fosse

Maria Eduarda, no carro, indo para o aniversário da filha do Pafeiffer:
- Pai, sabia que tu parece o Nhonho?
- Ah é, Duda?
- Mas não é porque tu é gordo. Até porque tu não é gordo. Tu é forte.

Aham.

21.4.07

Esse Grêmio ainda me mata


"Não foram raras as vezes onde tudo parecia perdido e o Grêmio, sabe-se lá como, conseguiu reverter situações incrivelmente adversas.
Impossível é uma palavra que o Grêmio não conhece.
Dar a volta por cima é uma constante que fez com que a Imortalidade Tricolor viesse a ser uma característica deste clube que não se dá por vencido sob hipótese nenhuma.
Quem vivenciou uma Batalha dos Aflitos jamais pode duvidar de que o Grêmio pode.
O Grêmio pode tudo.
Inclusive reverter um resultado negativo de 3 a 0.
Solte o orgulho de ser gremista.
É hora de empurrar o time à vitória.
Precisamos de gols, nem que seja pra fazer no grito.
Não duvide do Grêmio.
Pelo contrário, acredite!
Limpe seu coração e, na próxima sexta-feira, pegue sua bandeira, vista sua camisa, pinte seu rosto.
Venha ao Olímpico.
Na sexta-feira, aqui é lugar de gremista.
Do verdadeiro gremista!
Você ainda corre o risco de fazer parte da história.
Fazer parte da maior virada dos últimos tempos.
Vale a pena.
Acredite.
Afinal, para o Grêmio nada é impossível!"

Este texto aí acima, quase que um apelo desesperado implorando para que o torcedor colocasse fé na imortalidade tricolor, circulou pela coletividade gremista durante toda a semana.
Foi enviado por e-mail pelo informativo do Clube para quase 100 mil assinantes.
Vários que receberam repassaram adiante.
Recebi vários no meu e-mail do Clube.
Vi publicado em blogs.
Em comunidades do Grêmio no Orkut.
Fiquei sabendo que o cônsul do Grêmio de Encantado mandou fazer centenas de cópias e distribuiu entre os torcedores da região.
Acredito que possa ter surtido algum efeito positivo fazendo com que algum gremista menos confiante tenha repensado sua decisão de não ir ao estádio.
No início da tarde estava conversando por MSN com um amigo meu e confessei que estava sestroso quanto a superação gremista na noite desta sexta.
Pelas últimas atuações do time, não tinha nenhuma esperança de reversão.
Eis que ele me diz:
- Vou te mandar por e-mail um texto que recebi.
Adivinha qual era o texto?
Foi então que fui obrigado a responder pra ele algo que ainda não fiz aqui, mas que o leitor mais inteligente já deve ter capitado:
- Fui eu que escrevi!

Te mete.
E dá-lhe Grêmio!!

19.4.07

Os ídolos também envelhecem






Rubén Aguirre, o Professor Girafales.

Deprimi.

Judoca


Hoje saí mais cedo do trabalho para ver a Maria Eduarda na aula de educação física na escolinha.
Entrei no ginásio e lá estava um grupo de aproximadamente 18 meninas iniciando a aula de ginástica rítmica.
Subi a escada e entrei na salinha do judô.
Pois lá estava um grupo de aproximadamente 22 meninos e mais a Maria Eduarda.
Exatamente.
A única representante do sexo frágil entre os 22 projetos de genro em potencial.
Um tanto quanto assustado e surpreso, fiquei de canto observando minha bonequinha ir colocado um por um deles no chão.
Côsa de louco!

Na saída:
- Duda, por que tu escolheu o judô ao invés da ginástica?
- Pra dar um pau nos guris quando eles me encherem o saco.

Será que devo ficar tranquilo com a resposta?

18.4.07

Haja pilha no controle remoto

Para quem gosta de futebol na TV, esta quarta-feira foi um dia supimpa:
Já começou de tarde com Internazionale x Roma e Lyon x Rennes.
No início da noite, Cruzeiro x Brasiliense e Banfield x Libertad.
E, pra finalizar, Flamengo x Real Potosi, Paraná x Maracaibo, Náutico x Corinthians e Alianza Lima x São Paulo.
Tudo ao mesmo tempo.
Que dilícia!

Alguma vantagem da Priscila estar em Campinas eu tinha que ter.

Competissão


Eu cheguei em terceiro e ganhei uma medáia.

16.4.07

Percepção de gênio

Happy Hour no Boteco do Natalício.
Pessoal animado.
Conversa vai, conversa vem, comento com o Marcelo:
- Na segunda-feira, pra cada chopp que a gente toma, outro vem de graça.
- Como assim?
- Tu pede um chopp e toma dois. De graça!
- Bah, que espetáculo! Então segunda-feira é o melhor dia pra vir.

É sempre bom termos ao nosso lado pessoas com esse grau de inteligência e percepção das coisas.

Sou o pai deles todos

Muito bom esse e-mail que recebi.
Teste para saber se você é babaca ou não:


  • Almoço em grupo. Mesa retangular.
    Seu colega Rodrigo se senta numa das pontas da mesa.
    A primeira coisa que você diz é:
    - O Rodrigo vai pagar a conta!
    Você é babaca.

  • Seu amigo tem uma grande atuação naquele seu futebolzinho de fim de semana.
    Na saída do campo você diz?
    - Grande Paulão! Acho que você dá pra jogador.
    Você é babaca.

  • Início da madrugada.
    Quase duas da manhã.
    Alguém diz:
    - Cara, amanhã tenho que acordar às 7h.
    Você se apressa em dizer:
    - Amanhã, não. Hoje!
    Você é babaca.

  • Seu colega chegou mais tarde no trabalho e resolveu almoçar em casa ou num lugar que serve uma refeição melhor do que a porcaria do bandejão do seu emprego.
    Quando ele chega ao local de trabalho, você o convida para almoçar e ele esclarece que já almoçou.
    É quando você, ágil como um sapo apanhando uma mosca, solta:
    - Então você já está comido?
    Você é babaca.

  • Você conhece uma pessoa que vem de Minas Gerais e fica dizendo para ela:
    - De Minas UAI! TREM BÃO SÔ!
    Você é babaca.

  • Seu amigo chega atrasado no serviço e diz sorrindo:
    - Bom Dia!!!!!
    E você responde olhando pro relógio
    - Boa Tarde!!!!!
    Você é babaca.

  • Quando no aniversário as pessoas estão cantando parabéns, você tenta embolar a cantoria, gritando os versos do início da música, enquanto todos já estão no meio da canção.
    Você é babaca.

  • Você fica rindo quando um homem diz que tem 24 anos, aludindo ao número do veado no jogo do bicho.
    Você é babaca.

  • Você faz alguma piada quando alguém diz que é do signo de virgem.
    Você é babaca.

  • Você diz para um amigo: "Se esconda!!" quando passa o carro da polícia.
    Você é babaca.
    Se for o caminhão do lixo...
    Você é muito babaca.

  • Quando uma mulher diz que está "de saco cheio",
    você diz que isso não é possível porque ela não tem saco.
    Você é babaca.

  • Quando alguém te pergunta se deu para resolver
    aquele problema, você prontamente responde:
    - Resolvi sem dar.
    Vc é babaca.

  • Na hora da sobremesa, ao servirem o pavê, você diz:
    - É PAVÊ OU PÁCOME?!
    Você é babaca.

  • E se ao final desse post você estiver rindo das situações.
    VOCÊ É UM BABACA!
  • Cara, ri de todos eles, faço todos eles e ainda tenho uma lista para acrescentar.
    Sou ou não sou o campeão dos babacas?

    13.4.07

    Amoroso: a primeira entrevista


    Atacante Amoroso em seu primeiro depoimento ao melhor repórter do Rio Grande do Sul.

    Foto tirada pela Priscila: a melhor fotógrafa do Rio Grande do Sul (bom, pelo menos a mais gostosa).


    Estádio Olímpico.

    Sala de conferência.

    12.4.07

    Noivo (outra vez!)

    Apesar de preservar, valorizar e necessitar de momentos de privacidade, sou daquelas pessoas que acreditam que o ser humano não nasceu para viver sozinho.
    E por mais que afirmem estarem felizes solitárias, duvido que tais pessoas possam sustentar tal afirmação com exemplos substancialmente verídicos e sinceros.
    Um relacionamento estável com um companheiro(a) e a formação de uma família é uma seqüência natural do desenvolvimento humano.
    Ainda que inexperiente no assunto, sabem as testemunhas que tentei manter uma relação saudável durante um bom tempo da minha vida.
    Infelizmente, apesar de duas crianças maravilhosas, ficou impossível manter um matrimônio que já iniciou fadado ao fracasso.
    Eu sei que avisos não faltaram.
    Aproximadamente um ano depois de retornar à vida de solteiro (e posso afirmar que aproveitei bastante esse tempo mesmo não tendo comido tanta gente quanto eu gostaria), me vi fisgado outra vez pelo destino.
    As pessoas, normalmente aquelas com o coraçãozinho de pedra, não entendem o motivo pelo qual, segundo elas, eu acabei caindo nessa armadilha outra vez.
    Falam isso porque não conhecem a Priscila.
    Uma mulher maravilhosa e com a qual eu decidi viver pelo resto da minha vida.
    Já passei por poucas e boas nessa vida de relacionamento, exatamente por isso sei que estou fazendo a coisa certa.
    O noivado, concretizado no último domingo, dia 9, é só mais um passo em busca daquela tão sonhada felicidade e estabilidade.
    Tenho certeza que encontrarei ao lado da Priscila.
    E tenho certeza que ela encontrará ao meu lado.

    Felicidades aos noivos!

    Mazaropi


    Assessoria de Imprensa do Grêmio ao lado do goleiro Mazaropi, Campeão do Mundo com o em 1983.
    Pedro, Aline, Mazaropi, Bianca, Haroldo e Rodrigo.
    Ah, eu abaixado.

    10.4.07

    Espetacular...

    ... a nova propaganda do Golf inspirada no filme Forrest Gump.

    Descrente

    Sempre que morre uma criança sou obrigado a questionar a existência de Deus.

    8.4.07

    Gênia

    Priscila e eu na sala assistindo TV.
    Comento despretenciosamente que por pouco não econtraremos a delegação do Gremio no aeroporto de Guarulhos na segunda-feira.
    Pergunta a Pri:
    - Para onde eles vão?
    - Pra Colômbia jogar contra o Cúcuta.
    - E vão todos juntos?
    - Lógico. Queria que fossem como?
    - Meu Deus do céu.
    - O que foi Priscila?
    - E se o avião cair? Como é que eles vão jogar? Se dividirem em dois grupos, enquanto uns morrem os outros jogam.

    Perfeito.
    Como que eu nunca havia pensado nisso?
    Por isso que eu amo essa mulher.

    4.4.07

    Ídolo de infância


    Apesar de viver futebol desde o útero e admirar jogadores como Zico, Pelé, Maradona, Roberto Dinamite, etc, sempre tive apenas um ídolo pelo qual chegava a brigar.na minha época de colégio.
    O Paulo Roberto.
    Ou "coelhinho", como é conhecido.
    Campeão brasileiro, da América e do Mundo pelo Grêmio na década de 80.
    Apesar de não ser uma unanimidade entre os fãs de futebol (muito antes pelo contrário, sempre foi muito criticado por suas atuações), gostava do Paulo Roberto.
    Lateral-direito, tinha o melhor cruzamento que já vi na minha vida.
    E batia falta como ninguém (isso quando acertava no gol).
    Um dia tive a oportunidade de contar pessoalmente minhas brigas homéricas no colégio por causa dele.
    Ficamos horas conversando e até hoje me cumprimenta esfuziantemente quando me encontra.
    Acho que fui o primeiro e único fã que ele teve na carreira.
    Hoje ele veio visitar a assessoria de imprensa e fez questão de tirar uma foto comigo.Provavelmente para mandar fazer um pôster pro quarto dele.

    Genial

    Guitarrista dos Rolling Stones diz ter cheirado cinzas do pai
    Keith Richards admitiu ter misturado as cinzas com cocaína

    Agência Estado

    Keith Richards, o guitarrista do Rolling Stones, nunca escondeu que já exagerou no consumo de substâncias impróprias durante sua vida. Mas numa entrevista publicada hoje (03), ele se superou. Ele admitiu ter cheirado as cinzas do pai dele misturadas com cocaína.

    "A coisa mais estranha que já cheirei? Meu pai. Cheirei meu pai" contou ele à revista de música britânica NME.

    "Ele foi cremado e não pude resistir (...) Ele não se importaria Desceu bem, e ainda estou vivo".

    O pai de Keith Richards, Bert, morreu em 2002 aos 84 anos.

    Keith, de 63 anos, notório consumidor de drogas, disse que teve sorte de sobreviver e advertiu aos jovens músicos para não copiá-lo. "Fiz porque esta foi a forma como fiz. Agora as pessoas pensam que isso é meio de vida", afirmou.

    "Cheguei a ser o número um da lista dos Quem Provavelmente Morrerá por 10 anos. Quero dizer, fiquei verdadeiramente desapontado quando sai da lista".



    Prepare-se Luiz Nei

    R$ 1.000.000,00

    Depois de ganhar um milhão, até eu beijava a boca do Alemão.

    Aviso


    Luiz Nei anda meio sumido do blog mas hoje participou enviando essa foto sensacional do bar que ele almoça com os amigos do trabalho.

    Hoje tiveram que ir em outro.

    3.4.07

    Arquivos

    Durante meus dois meses passeando de mochila pela Europa sempre privilegiei longas caminhadas à utilização dos transportes coletivos.
    Sem dúvida, caminhar por lugares novos é a melhor maneira de conhecer-los.
    Estava passeando pelos arredores de Genebra, na Suíça.
    Uma das paisagens mais bonitas que já vi.
    A minha frente, cidadezinhas de bonecas, cobertas de neve, com suas chaminés expelindo fumaça.
    Cansado, subindo uma imensa ladeira, decidi dar uma parada.
    Instintivamente, olhei pra trás para ver o quanto havia subido.
    Para minha surpresa, a paisagem atrás de mim conseguia ser mais espetacular do que eu via à frente.
    Fiquei um tempão ali contemplando.
    Desde então, passei a adotar esse hábito.
    Mesmo seguindo em frente, volta e meia parava para olhar a paisagem atrás de mim.
    Cheguei a lamentar não ter adotado essa rotina antes.
    Imagina quanta visão maravilhosa eu deixei passar atrás de mim sem perceber?
    E o pior, provavelmente nunca mais teria outra chance.
    Pode parecer um pouco piegas, mas considero essa parábola uma metáfora para minha vida.
    Até hoje, existem momentos que dou uma parada com o único objetivo de olhar pra trás e ver tudo aquilo que passei para chegar até aqui.
    Muitas paisagens não são tão bonitas quanto as que aparecem à minha frente
    Porém, outras, são tão lindas que dá vontade de voltar.
    Ontem, dei uma boa relida nos arquivos do meu blog.
    Muito divertido.
    Muito interessante.
    Muito esclarecedor.
    Ali mesmo podemos encontrar as respostas para algumas perguntas que teimamos em fazer no presente.
    Bom, mas confesso que ali também surgem novas perguntas que teremos que responder no futuro.
    Bem ou mal, vale a pena olhar pra trás.
    Sugiro que você perca um pouco de tempo dando uma relida no seu “blog”.

    Só não dá pra parar de escrever.

    1.4.07

    Amo esse guri







    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...