26.6.07

Pro chuveiro, Aninha!

Mulher no futebol só se for na torcida (e olhe lá) ou se for pra lavar o uniforme dos jogadores.
Acho que as mulheres estão levando muito a sério esse negócio de “revolução feminina” ou “igualdade de direitos”.
Definitivamente, existem coisas que não são para mulheres.
Mulher não foi feita pra trocar pneu.
Mulher não foi feita pra trabalhar em oficina mecânica.
Mulher não foi feita pra trabalhar de estivadora no porto.
E também mulher não foi feita pra dirigir carro (a não ser o de supermercado).
O futebol é outro exemplo.
Mulher jogando futebol é uma das coisas mais ridículas que existem.
A TV Bandeirantes há alguns anos até tentou investir no futebol feminino.
Chegaram a fazer testes para ter uma mulher narrando futebol.
Coisa triste.
Não deu certo, lógico!
A Sportv até tem uma mulher comentando jogos de futebol.
Tudo bem que é uma machorra, mas coisinha lamentável.
E mulher trabalhando como árbitro ou bandeirinha de futebol?
Muito pior!
O quer dizer da Ana Paula Oliveira?
Gostosinha, e talicoisa.
Mas não pode trabalhar no futebol, Jesus.
Será que depois dos jogos ela toma banho no vestiário junto com o trio de arbitragem?
Acho que não.
Mas deveria.
Não quer direitos iguais?
Não quer invadir o mundo dos homens?
Então por que um vestiário só pra ela?
Bom, mas nem tudo está perdido.
Acho que ela conseguiu utilizar aquele mínimo de inteligência que as mulheres têm e decidiu por pousar nua.
Algo que já deveria ter feito há muito tempo.
Aliás, uma área dominada por elas.
Onde elas comandam e não são incomodadas pelos homens.
Assim como na cozinha e na área de serviço.
De onde não deveriam sair.

Ps. Comentários de baixo calão serão excluídos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...