16.10.07

Encontro bizarro

Segunda-feira.
Duas e quinze da madrugada.
Estou no aeroporto Salgado Filho esperando a Priscila chegar de São Paulo.
Com a cara no vidro, observo as pessoas recém desembarcadas pegando suas bagagens.
Empurrando um carrinho, deixa a sala uma menina, de cor negra, com seus 25 anos.
Imediatamente, me lembrei da secretária do escritório onde trabalhei durante dois anos, até março deste ano.
A Bárbara.
Era muito parecida com esta moça do aeroporto.
Onde andaria?
Estaria trabalhando ainda no escritório?
E a filhinha dela? Estaria grande?
Foi o pensamento que tive na hora.
Nunca mais tive contato.
Passam-se 15 minutos e chega o avião da Priscila.
As pessoas começam a surgir com suas malas.
Tento encontrar a Priscila junto à esteira.
Enquanto observo, sou surpreendido:
- Oi Márcio! Veio me esperar?
Bárbara e sua filhinha chegando de viagem.
Meu queixo bateu no chão e voltou.
Priscila veio logo depois dela.

Não sei como se chama uma coisa dessas.
Mas me assustei.
Será um sinal?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...