5.4.08

Várzea, ervilha e maionese


Quando era pequeno, me recordo que Luiz Nei me levava para assistir jogos de futebol de várzea nos antigos campinhos de areia que ficavam ao lado do Hipódromo do Cristal.
Ele parava o carro no acostamento e ficávamos na janela olhando as partidas que aconteciam lá embaixo do morro.
Confesso que no primeiro momento estava mais interessado no cachorro quente com maionese e ervilha que íamos comer depois, mas, aos poucos, fui voltando minhas atenções também para o futebol.
Acredito vir destas experiências meu gosto por jogos de futebol inusitados.
Já assisti Boca e River na Bombonera.
Barcelona e Real Madrid no Camp Nou.
Milan e Internazionale no San Siro.
Peñarol e Nacional no Centenário.
Mas confesso que nenhum é tão divertido quanto União Barbarense e Catanduvense em Santa Bárbara ou São José e Brasil de Pelotas no Passo d´Areia, só pra ficar nestes dois.
Sábado passado, aproveitei que Priscila decidiu ficar duas horas no “Instituto” fazendo as unhas e me atirei em mais uma indiada.
Quatro da tarde e lá estava eu no estádio Estrelão, na Av. Protásio Alves, vendo Cruzeiro contra Porto Alegre pela segunda divisão do Gauchão.
Nenhuma experiência futebolística é tão enriquecedora quanto esta.
Os personagens de um jogo deste porte não são encontrados nos grandes estádios.
Não são encontrados nos jogos do Brasileirão.
Ou dos campeonatos espanhol e italiano.
Nestes jogos você não pode sentar atrás da goleira, dentro do campo, depois de passar por um buraco na tela.
Nestes jogos você jamais verá o goleiro brigando com um torcedor que acabou de atirar um chiclete na cabeça dele.
Nestes jogos você não consegue entrar de graça só apresentando sua carteirinha de jornalista.
Pois é.
Estes outros jogos são transmitidos pela televisão ou pela rádio.
Você pode ter toda e qualquer informação mesmo estando em casa.
Com Cruzeiro x Porto Alegre, você precisa estar presente.
Precisa ver com seus próprios olhos.
É aí que mora a essência do futebol.
Sem falar que sempre tem naquele cachorro quente com maionese e ervilha vendido pelo “tio” da copa.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...