22.9.08

Casa da Mãe Joana

Sábado pela manhã.
Depois de revirar o Segundo Caderno da Zero Hora, decidimos ver Ensaio Sobre a Cegueira.
Já estava tudo acertado até que decidimos ir almoçar na casa de Luiz Nei.
- Hoje à noite vamos ao cinema – resolvi comentar com a Juçá.
- Ah, é? E vão ver o que?
- Aquele filme dos cegos.
- Ah não. É um filme muito pesado. Vocês vão sair tristes do cinema. Por que não vão ver Mamma Mia? É maravilhoso!
Nisso Luiz Nei se mete no assunto:
- Vocês têm que ir ver Mamma Mia. É imperdível. É tão bom que já estamos combinando de ir outra vez. Eu pago pra vocês verem.
Eu já tinha decidido que não iria ver Mamma Mia, pois não é o tipo de filme que gosto. Musical e talicoisa.
Priscila já estava querendo ver e a insistência de Juçá e Luiz Nei acabou influenciando na mudança de decisão.
- Tá bom. Vamos ver Mamma Mia - suspirei.
Chegamos ao Shopping Bourbon em cima da hora e logo percebi uma fila que ia do cinema até a escada rolante.
Me dirigi para comprar os ingressos e pedi pra Priscila:
- Pergunta pra qual filme é essa fila. Se for pro Mamma Mia eu não vou ficar.
Realmente a fila era absurda.
Vejo que Priscila conversa com alguém no início da fila e volta sorridente:
- Essa fila é pra ver o filme do U2.
- Menos mal.
Com os ingressos já na mão, nos dirigimos pra sala indicada.
Percebo que já tem gente na fila.
Procuro o final dela...vou indo...vou indo...vou indo.
E a fila não tem final.
Não é possível!
- Priscila, tu não disse que essa fila era pro U2???
- Me enganei. A fila pro U2 termina aqui.
Já irritado, acompanho a madame para trocarmos os ingressos para outro filme.
Pergunta ela:
- Pro qual filme eu troco.
- Qualquer um.
Já atrasados, entramos na sala de número sete para assistirmos um tal de “Casa da Mãe Joana”.
Já não sou muito de cinema nacional, ainda mais se for uma palhaçada com os decadentes José Wilker e Paulo Betti.
O filme é realmente escroto, voltado para velhos broxas, bebedores de uísque (fase esta que ainda não cheguei).
Além de tudo ainda levo bronca da Priscila:
- Pode pelo menos se esforçar pra gostar?
Até tentei.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...