22.12.08

Ciranda Natalina

O dia de hoje está dedicado ao post da pessoa que sorteou o meu blog para escrever dentro do Ciranda Natalina, uma iniciativa muito feliz da blogueira Flavia.
Quem escreve hoje é o Carlos Baptistini criador do Decorando Tudo.

Fala aí, Carlos!

"O silêncio que se instalou na arquibancada soou estranho, mas foi só por um breve momento.
Logo o silêncio se transformou em um canto, unindo as duas torcidas.
Dentro do campo os jogadores pararam para entender o que estava acontecendo.
Aos 42 minutos do segundo tempo.

Da torcida, a união seguiu para o campo.
Já não havia mais disputa de bola, vencedores ou resultados.
O que era um jogo passou a ser uma espécie de confraternização.
No cronômetro, exatos 43 minutos.

O juiz, quase incrédulo, percebeu que a sua função ali não era mais fiscalizar e punir.
As regras não faziam mais sentido, pois não havia disputa.
Na verdade, não havia mais resultado.
Olha para o relógio, 44 minutos.
Não há porque prolongar a partida.

Aos 45 minutos, o apito anuncia o final da partida.
Neste instante, uma estrela cadente risca o céu.
E anuncia que Jesus está presente.
É noite de Natal."




É isso aí!
Aguardando mais uma edição do Ciranda.
Valeu, Carlos!
Ah! A foto também é dele.
A quem interessar possa, escrevi para o blog Empresária Neurótica.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...