12.5.09

Expresso para Canoas

Sábado peguei as crianças por volta das 11h sem nenhuma ideia do que fazer com elas.
Foi a Duda que sugeriu:
- Pai. Vamos passear de trem?
Já faz um tempo que eles me pedem para andar de Trensurb (para os que são de fora, o Trensurb é tipo um metrô de superfície que sai do centro de Porto Alegre e vai até São Leopoldo passando por cidades da região metropolitana).
Não vi nenhum empecilho no pedido.
Estacionei o carro junto ao Mercado Público e em poucos minutos já estávamos na plataforma esperando o trem.
Perguntei para as crianças:
- Qual cidades vocês querem ir?
- Qualquer uma! Gritou o Mártin.
Já a Duda foi mais específica:
- Quero ir a São Paulo pra visitar o Parque da Mônica!
- Esse trem não vai até São Paulo, Duda.
- Então quero ir naquela cidade que tem Copacabana.
- É o Rio de Janeiro. E o trem não vai até lá.
- Hum. Então esse trem vai até qual cidade?
- Canoas, Sapucaia, Esteio, São Leopoldo.
- Então vamos até Canoas. Posso ir na praia?
- Canoas não tem praia, Duda.
- Então o que tem pra fazer lá?
Pensei por alguns segundos.
- Nada.
Canoas é a cidade mais próxima e um passeio de trem até lá não dura mais que 20 minutos.
No primeiro momento tudo era novidade, mas já dentro do vagão, Duda começou a reclamar, pois não havia conseguido lugar pra sentar.
Achei que sábado fosse mais tranquilo, mas o trem estava cheio.
Felizmente e viagem foi rápida e em pouco tempo já estávamos caminhando pelo calçadão de Canoas.
As crianças olhavam tudo, atentas.
De mãos dadas comigo, Mártin comentou:
- Que estranho, pai.
- O que foi, Mártin?
- Aqui em Canoas eles falam a mesma língua que nós.
Gargalhei por dentro.
Chegamos a uma praça onde havia um grupo de índios tocando aquelas músicas andinas com suas flautas tradicionais e vendendo artesanatos.
Duda se encantou por uma flautinha em miniatura que servia como colar.
- Pai, compra pra mim esse amuleto?
Vendo que eu não me mostrei muito interessado em adquirir tal objeto, apelou pra chantagem:
- Compra, pai. Preciso ter uma lembrança de Canoas pra levar pra casa.

Foi assim minha manhã de sábado com as crianças.
Nada tão espetacular como se fosse em São Paulo ou Copacabana, mas divertida.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...