3.8.09

Esse maldito fechecler

Hoje pela manhã percebi que minha calça jeans está com problema.
Não bastasse um remendo no fundilho colocado pela Juçá, ela está com o zíper emperrado.
Isso mesmo, o zíper não fecha.
Bom, na verdade ele fecha, mas não fica fechado.
Qualquer movimento mais brusco, o zíper abre até embaixo.
Quando percebi já era tarde.
Estava na rua.
O remendo no fundilho até que tiro de letra.
É um hábito de infância que aprendi com a Juçá para economizar.
Mas o zíper abrindo é um pouco mais complicado para disfarçar.
Sorte que estou com um blusão comprido que, se esticado, cobre parte da frente.
A conclusão é que tenho que caminhar sempre colocando a mão pra ver se não estou com o "querido" a mostra.
E como normalmente estou, torna-se constrangedor ficar fechando toda a hora na frente das pessoas.
Tentei imaginar o motivo que causou o estrago, mas só consegui chegar à conclusão que deve ter sido o excesso de pressão exercido pelo volume frontal.
Se é que vocês me entendem.
Bom, sem ter muito o que fazer durante o dia, prefiro ficar com as palavras de consolo do meu colega Eduardo Barbosa, que sempre procura ver as coisas boas nas mais difíceis situações:
- Não esquenta. Esse problema pode até ser mais prático e vantajoso em determinadas situações.

Bom estar sempre cercado de pessoas positivas.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...