5.10.09

De volta para o passado

Nunca fui muito adepto a esta moda que está tomando conta da minha geração de buscar no passado a razão e a motivação para viver o presente.
Parece realmente que os anos 80 estão de volta e isso acaba trazendo um pouco de “bitolação”.
O passado já passou e era isso.
Tá bom! Não sejamos tão insensíveis.
Lógico que gosto de relembrar certas coisas que fizeram parte da minha vida e que hoje já não existem mais.
A diferença é que não sofro por isso.
Bom, só às vezes.
Outro dia recebi por e-mail um convite para uma partida de futebol no campo do colégio Anchieta com a turma que se formou em 1989.
Acreditei ser a oportunidade perfeita para rever pessoas que já não via há 20 anos.
Além da possibilidade de jogar uma partida de futebol de campo num dos melhores gramados da cidade.
Gramado esse, aliás, plantado muitos anos depois da minha saída do colégio.
Na minha época o campo era de areia e cheio de cocurutos que eu conhecia como a palma da minha mão.
O jogo estava marcado para este domingo, às 10h.
O relógio marcava 9h e eu já estava lá ansioso por rever todo mundo.
O pessoal foi chegando aos poucos e aí começou a missão de identificar cada um.
Com poucas exceções, parece que o tempo não passou.
Aqueles mesmos rostos conhecidos de 20 anos atrás que faziam parte do nosso dia-a-dia.
Que faziam parte de um tempo em que éramos felizes e não sabíamos.
A frase é clichê, mas inapelavelmente verdadeira.
O futebol foi jogado em alto nível.
Cadenciado, procurando os atalhos do campo.
Porque já não temos aquele vigor de outrora.
Ainda assim, foi emocionante reencontrar todo mundo e saber um pouco da vida de cada um.
Felizmente, novos encontros já estão marcados.
Porque, como dizia o poeta, o tempo não pára.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...