13.12.10

O cu e seu desfecho

Durante o final de semana, fui parado nas ruas de Porto Alegre por centenas de pessoas.
Minha caixa de e-mail superlotou.
Todos querendo saber o desfecho do meu último post.
Afinal: como teria sido o tal exame de colonoscopia?
Bom, vou matar a curiosidade de vocês, meus ávidos leitores.

Pois depois de passar dois dias levando o Tinga pra brincar no toboágua, eis que meu intestino finalmente ficou limpo.
E lá fui eu rumo ao hospital Moinhos de Vento.
Após todos os procedimentos, já na sala de cirurgia, me disse o anestesista: “vou te dar uma leve picada aqui no braço e tu vai sentir uma leve bobeira. Não te preocupa”.
Imediatamente observei ao redor para ver se o médico não era o Roger Abdelmassih.
Mas não deu tempo.
A anestesia pegou forte.
Cheguei a sonhar.
Sonhei que o Bob Esponja me perseguia querendo esmagar um potinho de suco que estava tomando.
É sério.
A verdade é que dormi durante todo o exame.
Não vi nada, não senti nada.
Tudo pode ter acontecido naquela sala.
Nunca saberei.

Duas horas depois, acordei sozinho, em um quarto silencioso, à meia luz.
Ao lado da cabeceira da cama, uma nota de 50 reais.

2 comentários:

MOSQUETEIRA TRICOLOR disse...

Só 50 pila ???

Márcio Neves disse...

hehehe....pouco, né?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...