24.12.10

Você conhece o Americana FL?

Passando o natal na cidade de Americana, no interior de São Paulo, aproveitei para conhecer mais a fundo o projeto do mais novo clube do Município e que está movimentando o futebol da região.

Desde outubro deste ano, o Guaratinguetá (de boas campanhas na primeira divisão do Campeonato Paulista e na Série B do Brasileirão) firmou parceria com a prefeitura da cidade de Americana transferindo toda sua administração e sede pra cá.
Sem o apoio da comunidade de Guaratinguetá, os responsáveis pelo clube não pensaram duas vezes em aceitar a proposta para criar o Americana Futebol LTDA.

Vendo o Rio Branco FC cada vez mais se afundar em dívidas e em problemas políticos, empresários de Americana viram na criação do novo time a oportunidade de investir em um projeto que parece propício a render frutos num futuro próximo.
Até o próprio estádio Décio Vitta, tradicional sede do Rio Branco, foi arrematado pela prefeitura, reformado e disponibilizado ao clube recém chegado.

O técnico do Americana FL é o velho Edinho, zagueiro do Grêmio campeão da Copa do Brasil de 1989.
A direção não poupa esforços para reforçar a equipe: Fumagalli foi contratado junto ao Vasco e o zagueiro Vinícius repatriado do Hannover da Alemanha.

A comunidade de Americana está ainda um pouco desconfiada com a novidade, mas a empresa responsável pelo time promete criar várias promoções para tentar atrair o público e transformar o novo clube na sensação do Paulistão 2011.
A parceria do Americana FL com a prefeitura da cidade é de 10 anos.
Tempo suficiente para avaliarmos os resultados.
Resta esperar para ver.

A propósito: ainda não existem camisas do Americana FL á disposição do torcedor, mas meu sogro já encomendou as minhas.

3 comentários:

Paulo Roberto disse...

Márcio além do Americana se não estou enganado há outro clube do interior de São Paulo(acho que o nome é RED BULL)que é Clube-Empresa.
Eu mantenho contato de longe com a Direção do Grêmio Prudente desde os tempos de Barueri.
Por sinal há um blog de um amigão de Presidente Prudente que mantem informações sobre o Grêmio Prudente, o LEANDRO, gente fina, que desde pela metade do ano já tinha me avisado que estava chegando novos clubes-empresas. Parece também que Maringá ou Londrina estariam entrando neste novo sistema de administração de clubes, pois permite que empresários realmente invistam no futebol enquanto não tivermos uma lei que permite a venda de ações(como há na Europa principalmente. basta olharmos o site do Málaga do nosso Gllato, o do F.C.do Porto e tanto outros e veremos a venda de ações).
Não vou te mentir, tenho uma visaõ de Marketing realmente agressivo, de expansão, e a formação de clube-empresa permite a entrada de investidores de grande potência. Vou além, os nossos Clubes, os grandes, necessariamente brevemente terão de criar ferramentas para se adequarem a este novo sistema de gerenciamento.
Se tivessemos venda de ações possivelmente nossos clubes teriam uma maior receita, não nos deixando apenas nas mãos de patrocinadores,cotas de TV, e vendas de produto, e títulos de sócios.
Ah, mando junto o endereço do blog do meu amigo de residente Prudente, pois afinal é Grêmio também:
http://torcidagremiopp.blogspot.com

Para terminar, conheço a cidade de Americana e região. As informações que recebi é que o Americana vai entrar no Paulistão paracomplicar os grandes.

Um grande abraço.

Márcio Neves disse...

Grande Paulo Roberto!

Concordo contigo. O que eu não gosto é colocar o nome do time com o nome da empresa. Não gosto de um time chamado Red Bull, por exemplo. Poderia seguir como Campinas, como era antes. Também não gosto de Clubes que mudam de cidade, como o Grêmio Prudente ou este caso do Guaratinguetá. E para voltarmos no tempo, como fez o Matsubara, do Paraná. Mas isso ocorre com times sem apelo popular. Não acredito que possa vir a acontecer com grande clubes. Mas essa é a tendência, e acho que precisamos estar atentos às novidades.
Abs e boas festas para o amigo e família.

Paulo Roberto disse...

Grande Márcio Neves:

Também acho ridículo colocar o nome das empresas nos clubes, mesmo que indiretamente.
A questão de mudança de cidade se dá com certeza porque normalmente as Prefeituras originais dos clubes deixam de apoiá-los, e porque vão normalmente para cidades que não tem times de futebol, pois assim formam torcidas localizadas, tipo do Grêmio Prudente, que neste ano passou dificuldades no Brasilierão porque teve muitos boatos que sairiam da cidade, o que era mentira.
No Paulistão teve uma média de público bom, já no Brasileirão com todos os boatos caiu assustadoramente a presença do público.
Concordo com você 100% que esta é a tendência do nosso futebol. Até diria que brevemente teremos algumas equipes clube-empresa despontando no cenário do futebol brasileiro.
É preciso que urgentemente tenhamos novas leis que permitam que os clubes possam ter venda de ações, mesmo que não se transformem 100% empresas.
Volto a elogiar o teu blog. És muito inteligente, e DEMOCRÁTICO(realmente fiquei surpreso como você respeita as opiniões contrárias aos teus comentários,o que VALORIZA MUITO mais para mim o blog, e a tua pessoa), algo difícil de encontrarmos principalmente no mundo do futebol, aonde a PAIXÃO fala muito mais alto.

Para você e toda família um super Natal.

Paulo Alexandre

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...